ERASMO SHALLKYTTON

O POETA É O SENHOR DE TODAS AS EXALTAÇÕES HUMANAS

Textos


Cíntia, o amor acabou


Quando você me deixou
Achou qu’eu não ia viver
Sem a carícia que acabou
Mas, o tempo não é assim
E, outro agrado me aceitou
É uma bela flor de jasmim
Cabelos da cor do girassol
E faz amor sem ter um fim
Mimosa pantera é alegre
bastante
atraente
deliciosa
é pra mim
Hoje, tu me olhas afligida
Atolada na vil perspectiva
De correr o sol quão a lua
Eu não te desejo mais aqui.
A outra afeição me aceitou
É uma flor linda de jasmim
Cabelos da cor do girassol
Amável, linda, ela é mais bela.



Poesia escrita em 1979


 
ERASMO SHALLKYTTON
Enviado por ERASMO SHALLKYTTON em 22/03/2017

Música: É tarde demais (Que pena) - Raça Negra

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras